quinta-feira, 9 de abril de 2009

Guerra Fria (1 de 2)

Não vos cheira?

Este clima de paz podre?

Saio de casa e os vizinhos desfazem-se em amabilidades. As pessoas mais afáveis na rua. Menos buzinadelas nas avenidas. Os funcionários mais concentrados. São salamaleques, falsas simpatias... Até arrepia...

Mas eu sei o que se passa. Sei, sei! Leio-o nos olhares e nos gestos.

Passo por eles... Só sorrisos, abrem-me as portas... Nunca lhes tinha visto os dentes, dantes... Agora, todos "bons dias"... "Boas tardes"... Os vizinhos?... Tratam-me bem para que, se isto der para o torto, tenha dó e não lhes vá bater à porta, têm esperança que me envergonhe.

E no escritório?

Sabem que me têm na mão. Leio-lhes o pensamento: "Esmiframos-te até ao último cêntimo!"

Passo por eles... Olho-os de soslaio, e penso: "Hipócritas! Enquanto precisei de vocês, era faltar ao trabalho, chegar a qualquer hora, nem ai nem ui..." Agora... Mas nem vale a pena dizer nada.

Que isso de aparecer essa malta da comunicação social a dizer que as empresas isto e aquilo... E as indemnizações? Se fecho a porta fico sem trabalho, sem dinheiro, nem direito a fundo de desemprego... Comemos do quê?

E estes? Vão para o fundo de desemprego, já aqui não lhes podia pagar muito, ainda lhes faço companhia às esmolas...

Eles sabem disso, por isso agora é tudo certinho, tudo "Senhor A., assim..."; "Senhor A., assado...".

Frito! É o que estou. Se ao menos um gritasse comigo! Um só! Mas não...

Hão-de ficar comigo até isto ir ao fundo, vão fazendo mais um buraco. E já sei que no fim, o último a largar o leme, sou eu...



© CybeRider - 2009

2 comentários:

pepita chocolate disse...

Isto soa-me a um grande clima de conspiração? Ou será fruto da tua imaginação?
Vou aguardar pelo teu desbafo n. 2 e pronuncio-me melhor lá. Pode ser?

beijoca e cuidado com conspirações (tens por aí provadores de comida?Não vá o diabo tecê-las!)

CybeRider disse...

Olá Pepita! Acho que é só um ponto de vista. As pessoas são as mesmas que conviviam pacíficamente. A situação global é que reforça as diferenças, e reforçam-se as opiniões pessoais. É mesmo uma Guerra Fria.

Beijoca, obrigado!